Artroscopia: conheça a cirurgia e suas indicações

A artroscopia é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo utilizado para observar o interior das articulações. Ela pode ser realizada nos ombros, cotovelos, tornozelos, quadril, mãos, pulsos e, de forma muito comum nos joelhos.

A cirurgia artroscópica é utilizado pelos médicos ortopedistas tanto para diagnosticar quanto para tratar diversas doenças e lesões nas articulações. É um procedimento muito utilizado no tratamento de lesões meniscais e reconstruções ligamentares de joelho.

Como é realizada a artroscopia

Para a realização da artroscopia é utilizado um tubo fino com uma câmera na ponta que é inserido no interior da articulação. A grande vantagem desse tipo de procedimento é que não necessita de um grande corte na pele, com apenas pequenas incisões já é possível introduzir o instrumento.

O paciente poderá receber anestesia local, regional ou geral, conforme o caso  e o objetivo da artroscopia: se para diagnóstico ou para tratamento. Mas normalmente, o procedimento não passa de 1 hora de duração e tem internação de curta permanência, sendo possível o paciente ter alta no mesmo dia.

Artroscopia no joelho: principais indicações

O joelho está entre as principais articulações que são submetidas a artroscopia com mais frequência. Nesse caso, as principais indicações do procedimento consistem no reparo de lesões de meniscos ou de cartilagens e reconstrução do ligamento cruzado anterior e/ou posterior. 

Algumas patologias de joelho que podem ser tratadas por meio da cirurgia artroscópica são: osteocondrite, osteocondromatose, artrite reumatóide, sinovite vilonodular pigmentada, condromalácia patelar e artrose. 

Outras indicações da artroscopia

Também é possível utilizar a artroscopia para remover fragmentos soltos de osso ou cartilagem articular, reparar tendões ou ainda tratar problemas em outras articulações como por exemplo instabilidade do ombro e impacto do quadril ou tornozelo. 

Quando utilizada para diagnóstico, a artroscopia é capaz de investigar mais a fundo doenças articulares que apresentaram falhas no tratamento conservador ou que não foram detectados em exames de imagens.

Recuperação da artroscopia

O tempo de recuperação da artroscopia depende do tipo de procedimento realizado, mas em geral é uma recuperação rápida se comparado a cirurgias mais invasivas. 

Conforme explica o médico ortopedista, Dr. Bruno Pavei, para artroscopia realizada no joelho, esse período de recuperação pode variar de um mês, em caso de tratamento de lesões meniscais, a 8 meses para lesões ligamentares.  

Embora não seja considerada um procedimento complexo, a artroscopia exige alguns cuidados no período pós-operatório como:

  • Ficar de repouso, evitando exercer peso sobre a perna por, pelo menos, 4 dias;
  • Manter a perna elevada acima do nível do coração por 2 a 3 dias, para diminuir o inchaço;
  • Aplicar bolsa de gelo na região do joelho várias vezes ao dia, durante 3 dias para aliviar o inchaço e a dor;
  • Tomar os medicamentos receitados pelo médico no horário correto, para manter a dor bem controlada;
  • Usar muletas durante o período de recuperação, até indicação do médico.

Caso o paciente comece a sentir dores ou notar algo de diferente na articulação que passou que artroscopia é muito importante retornar a consulta ao médico assim que possível.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Localização

Atendimento e contatos

Osteoclínica
Consultório em Içara