Artroscopia do joelho: indicações do procedimento

Artroscopia do joelho

A artroscopia do joelho é um tipo de procedimento cirúrgico muito utilizado. Com essa técnica é possível observar o interior das articulações nos ombros, tornozelos, quadril, mãos, pulsos, cotovelos, e na maioria dos casos, nos joelhos. Por ser pouco invasivo, traz muitos benefícios, incluindo uma recuperação mais rápida.

A artroscopia é frequentemente usada para diagnosticar e tratar lesões nas articulações, como:

Para quem é indicada a artroscopia do joelho?

Pacientes com dores e incômodos nas articulações devem fazer um diagnóstico junto ao médico para verificar a existência de lesões. Assim, ele solicitará exames de imagem e a necessidade de cirurgia será avaliada.

O joelho é uma das articulações que mais necessitam desse tipo de cirurgia. Nesse sentido, é frequentemente usado para reparar e tratar doenças como artrite reumatóide, artrose, condromalácia patelar, entre outras patologias.

Além disso, a artroscopia pode agir na remoção de fragmentos soltos de osso ou cartilagem articular, reparar tendões ou ainda tratar problemas em outras articulações como por exemplo instabilidade do ombro e impacto do quadril ou tornozelo.

Artroscopia do joelho no diagnóstico

O procedimento também pode ser realizado para exames detalhados da articulação lesionada. Assim, podemos investigar de maneira mais assertiva as doenças que apresentaram falhas em diferentes tratamentos já realizados ou que não foram detectados em exames de imagem.

Como vou me recuperar da cirurgia?

O tempo de recuperação costuma ser breve, em comparação com outras técnicas. Depois que a alta hospitalar é realizada, o paciente precisa fazer fisioterapia para reabilitação adequada. Posteriomente, é importante fortalecer as articulações, que dentro de seis a oito meses estarão com plena capacidade e totalmente recuperadas. Para isso, é necessário alguns cuidados após a cirurgia, como o uso de muletas nos primeiros dias (no caso de procedimento no joelho), aplicação bolsas de gelo nas regiões operadas e repouso.

Lembre-se, que todo procedimento deve ser antes amplamente avaliado e diagnosticado pelo médico. Agende sua consulta para entender melhor a necessidade do seu problema. 

Sobre o Dr. Bruno Pavei

O Dr. Bruno Pavei formou-se em Medicina pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), em Criciúma/SC. Fez residência em Ortopedia e Traumatologia pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e completou sua formação em Cirurgia do Joelho no Instituto Cohen, em São Paulo/SP.
É membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ). Atualmente possui consultório de Ortopedia e Traumatologia na Osteoclínica, em Criciúma-SC, conhecido como o maior centro de Ortopedia e Traumatologia do sul de Santa Catarina e faz parte do corpo clínico dos principais hospitais da região. Saiba mais clicando aqui.

As informações disponíveis neste site possuem apenas caráter educativo. Apenas uma avaliação com um profissional médico possibilitará o diagnóstico de doenças, a indicação de tratamentos e a prescrição de medicamentos.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Localização

Atendimento e contatos

Osteoclínica
Consultório em Içara