Crossfit causa lesões?

Todas as atividades esportivas podem causar lesões. Aumentando com o nível e intensidade da participação, portanto sempre que iniciar qualquer atividade o participante deve realizar em um lugar supervisionado por alguém capaz e especializado. Portanto, não aceite treinos e dicas que não sejam de um profissional!

O que é o CROSSFIT?

O CrossFit é um programa de condicionamento que ganhou atenção por seu foco em movimentos sucessivos que criam força e resistência. É caracterizado por movimentos que usam uma ampla variedade de exercícios, desde corrida e remo, até levantamento olímpico, levantamento de peso e movimentos de ginástica. Estes exercícios são combinados em treinos de alta intensidade realizados em repetições rápidas e sucessivas, com tempo de recuperação limitado ou nulo. Esses ganhos são consistentes com a literatura existente que apoia a alegação de que o exercício de alta intensidade é eficaz com investimento de tempo relativamente mínimo. Além disso melhora a função metabólica metabu00f3lica e em um estudo realizado pelo Exército dos EUA descobriu-se que a implementação entre os soldados levou a melhorias significativas na aptidão física.

Qual a incidência das lesões?

A popularidade do CrossFit aumentou substancialmente desde 2005. Com o rápido aumento da participação e limitada literatura associada à epidemiologia de lesões, o CrossFit tem sido questionado por sua segurança. A incidência geral de lesões em atletas de CrossFit foi de 2,3 / 1.000 horas de treinamento de atletas, com 26% dos atletas relatando lesões.

Os principais locais de lesões são os ombros, joelhos e coluna lombar. Os atletas do sexo masculino tendem a se machucar com mais frequência do que os atletas do sexo feminino. Curiosamente, as mulheres eram mais propensas a procurar ajuda de um treinador e, portanto, isso pode explicar sua taxa reduzida de lesões.

Não houve diferença significativa na taxa de lesões através da idade, isso indica que o CrossFit é um programa de exercícios que pode funcionar com segurança para atletas em todas as faixas etárias.

O CROSSFIT causa mais lesões que outros esportes?

Em comparação com outros esportes e atividades, a taxa estimada de lesões foi semelhante. A incidência de lesões em tenistas recreacionais tem sido relatada como variando de 1,6 a 3,0 lesões a cada 1000 horas. Os triatletas sofrem lesões a uma taxa de 2,5 a 5,4 por 1.000 horas. As lesões em treinamento em ciclistas têm sido relataram ocorrer a uma taxa de 6,0 por 1000 horas. Lesões em corredores e corredores, no entanto, ocorrem em uma taxa muito maior, variando de 33 a 79 lesões por 1000 horas.

Como diminuir o risco de lesu00f5es?

O aumento da supervisões dos treinadores do CrossFit estão diretamente relacionado à taxa de lesões . Isto pode ser devido a vários fatores, os treinadores orientam os atletas do CrossFit em seus treinos, ajudam a organizar a aula e corrigem o formulário. Além disso, eles ajudam os atletas a escolher o peso correto para o treino. Estudos indicam que o nível de experiência do atleta e o envolvimento geral dos treinadores tiveram o efeito mais pronunciado sobre a saúde dos atletas.

Os estudos sugerem que os treinadores e os atletas se concentrem nos padrões corretos de movimento e dimensionem os treinos para iniciantes. Se os iniciantes não escalam ou escalam incorretamente, eles podem ser mais propensos a lesões devido ao uso excessivo e à complexidade dos treinos e movimentos, pois a maioria das lesões é de natureza crônica e excessiva. Isso pode ser corrigido pelos treinadores através da correção do volume, complexidade e intensidade dos treinos para iniciantes.

Resumindo…

Todas as atividades esportivas podem causar lesões , aumentando com o nível e intensidade da participação, portanto sempre que iniciar qualquer atividade o participante deve realizar em um lugar supervisionado por alguém capaz e especializado. Não aceite treinos e dicas que não sejam de um profissional!

*** Todos os dados deste texto foram retirados de artigos publicados, infelizmente ainda não existe uma literatura com alto nível de significância, devendo estes dados servirem como recomendações e não regras.

Referu00eancias:

1- Weisenthal BM, Beck CA, Maloney MD, DeHaven KE, Giordano BD. Injury Rate and Patterns Among CrossFit Athletes. Orthopaedic Journal of Sports Medicine. 2014;2(4):2325967114531177.

2- Montalvo AM, Shaefer H, Rodriguez B, Li T, Epnere K, Myer GD. Retrospective Injury Epidemiology and Risk Factors for Injury in CrossFit. Journal of Sports Science & Medicine. 2017;16(1):53-59.

3- Aune KT, Powers JM. Injuries in an Extreme Conditioning Program. Sports Health. 2017;9(1):52-58.

4- Mehrab M, de Vos R-J, Kraan GA, Mathijssen NMC. Injury Incidence and Patterns Among Dutch CrossFit Athletes. Orthopaedic Journal of Sports Medicine. 2017;5(12):2325967117745263.

5- Keogh JW, Winwood PW. The Epidemiology of Injuries Across the Weight-Training Sports. Sports Med. 2017 Mar;47(3):479-501.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Localização

Atendimento e contatos

Osteoclínica
Consultório em Içara