Luxação patelar: entenda o que é isso

A luxação da patela é uma das experiências mais dolorosas na região dos joelhos e, infelizmente, não é incomum. Uma luxação é a consequência do deslocamento da patela, quando ela “sai do lugar”. Isso acontece por algum tipo de trauma ou até mesmo entorse.

Existem pacientes com predisposição para esse tipo de patologia, como genética, distúrbios musculares, ou alterações ósseas. Primeiro, vamos entender: 

 

O que é a patela?

A Patela, também conhecida como “rótula do joelho”, é um osso em formato de triângulo, localizado em frente ao joelho e que se articula com o fêmur, formando o que chamamos de articulação patelofemoral.

 

Para que serve a patela?

Ela funciona como um braço de alavanca que auxilia na extensão do joelho.

 

Quando ela luxa, o que acontece?

 É o deslocamento propriamente dito. Se for total, talvez necessite de uma redução no ambiente hospitalar. Casos de subluxação podem não ser diagnosticados precocemente.

 

Qual é o tratamento para luxação patelar?

O tratamento da luxação na fase aguda é hospitalar, com a redução da articulação e mobilização, além de medidas analgésicas.  

 Essa imobilização é temporária, e vai incluir uso de muletas quando preciso.

O período de imobilização depende de cada caso e é seguido de exercícios de reforço da musculatura para melhorar a dor e garantir a estabilidade do joelho. É essencial que seu ortopedista acompanhe o caso durante todo o processo.

 

Como é o tratamento cirúrgico?

O tratamento cirúrgico varia de cada caso, sendo necessário uma investigação completa das causas da luxação.

Não deixe jamais a saúde do seu joelho piorar progressivamente, ao início dos sintomas agende uma consulta e explique a situação ao ortopedista. 

Não deixe jamais a saúde do seu joelho piorar progressivamente, ao início dos sintomas agende uma consulta e explique a situação ao ortopedista. Somente o médico poderá avaliar o grau da lesão e se a luxação existe.

 

Sobre o Dr. Bruno Pavei

O Dr. Bruno Pavei formou-se em Medicina pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), em Criciúma/SC. Fez residência em Ortopedia e Traumatologia pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e completou sua formação em Cirurgia do Joelho no Instituto Cohen, em São Paulo/SP.
É membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ). Atualmente possui consultório de Ortopedia e Traumatologia na Osteoclínica, em Criciúma-SC, conhecido como o maior centro de Ortopedia e Traumatologia do sul de Santa Catarina e faz parte do corpo clínico dos principais hospitais da região. Saiba mais clicando aqui.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Localização

Atendimento e contatos

Osteoclínica
Consultório em Içara