Quais esportes causam mais lesões?

qual esporte causa mais lesoes

São inúmeros os benefícios que os esportes proporcionam para a saúde. A prática destas atividades proporciona mais qualidade de vida e está associada ao tratamento e prevenção de diversas doenças e condições. Mas a incidência de lesões em alguns esportes é um ponto de atenção que deve ser considerado. Você sabe quais esportes causas mais lesões? O Dr. Bruno Pavei, médico ortopedista e cirurgião do joelho, explica abaixo:


1) Corrida

A taxa de lesão em corredores tem uma grande variação: de 3 a 59 a cada 1000 horas praticadas. Isso acontece devido a diferenças nos estudos e públicos, pois as lesões ocorrem com mais frequência em corredores não experientes. As áreas afetadas mais comumente são o joelho, perna (canela) e pés. Os principais fatores de risco são ocorrência de lesões prévias, falta de experiência e sobrecarga devido ao excesso nas distâncias e frequências.

2) Futebol e Futsal

É o esporte mais praticado no Brasil e no mundo. A taxa de lesão é de 6.2 a 13.2 para cada 1000 horas praticadas. As lesões ocorrem principalmente nos membros inferiores e incluem entorses, distensões e contusões.

3) Basquete

Com taxa de lesão que varia de 4.7 a 9.1 a cada 1000 horas, o basquete entra na lista. O tornozelo é a área mais afetada, sendo a entorse de tornozelo responsável por 25% das lesões neste esporte. 

4) Natação

Na natação, o ombro é a principal vítima quando falamos de lesões durante o esporte, sendo a tendinopatia do supraespinhoso uma das condições mais comuns.  A taxa de lesão é de 3.78 (mulheres) e 4 (homens) para cada 1000 horas. 

5) Tênis

As lesões mais comuns no tênis ocorrem nos ombros inferiores, seguido por membros superiores e tronco. A taxa de lesão varia de 0,05 a 4 a cada 1000 horas de esporte praticados e o estorno de tornozelo é uma das queixas mais frequentes.

6) Crossfit

É um treinamento que une levantamento de peso olímpico, ginástica, atletismo e outras modalidades em atividades de alta intensidade. Este programa de condicionamento, que usa movimentos sucessivos para criar força e resistência, têm ganhado cada vez mais adeptos. A taxa de lesão é de 2.3 a 3.2 a cada 1000 horas praticadas e afeta, principalmente, a lombar e ombros. Já a taxa de lesão para atletas de competições costuma ser cinco vezes maior.

E como prevenir?

A prevenção de lesões ao praticar esporte depende de alguns hábitos dos atletas. Respeitar um programa de aquecimento, incluindo força, equilíbrio e agilidade diminui em até 35% o risco de lesões. A utilização de protetores articulares como tornozeleiras é recomendada para atletas de elite com lesão prévia.

Dr. Bruno Pavei

O Dr. Bruno Pavei formou-se em Medicina pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), em Criciúma/SC. Fez residência em Ortopedia e Traumatologia pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e completou sua formação em Cirurgia do Joelho no Instituto Cohen, em São Paulo/SP.
É membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ). Atualmente possui consultório de Ortopedia e Traumatologia na Osteoclínica, em Criciúma-SC, conhecido como o maior centro de Ortopedia e Traumatologia do sul de Santa Catarina e faz parte do corpo clínico dos principais hospitais da região. Saiba mais clicando aqui

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Localização

Atendimento e contatos

Osteoclínica
Consultório em Içara