Tipo de pisada: entenda qual a sua

tipo de pisada

Pode parecer apenas um detalhe, mas entender qual é o seu tipo de pisada ajuda na manutenção da sua saúde. Entender e saber sobre o seu tipo de pisada pode ajudar a prevenir lesões nos pés, joelho e até na coluna e auxilia a melhorar o rendimento de quem pratica corridas, por exemplo, além de contribuir para a qualidade de vida.

Cada pessoa pisa de uma forma diferente, mas em geral existem três tipos de pisada, que iremos conhecer abaixo. O tipo para cada indivíduo é escolhido com base em características como formato do pé, joelhos e da flexibilidade, por exemplo.

Vale ressaltar a importância de procurar um médico ortopedista para fazer a avaliação correta dos seus membros inferiores e da pisada. A consulta é indicada também para aqueles que querem deixar o sedentarismo de lado e iniciar uma prática de esporte ou treino.

Agora, vamos aos tipos de pisada. Nossos pés são a base da sustentação do corpo e, ao pisar de maneira errada, podem causar um desequilíbrio corporal. As pisadas se diferenciam basicamente pela forma que o peso é descarregado, o que pode gerar compensações.

Pisada pronada

Nesse tipo, a pessoa faz a rotação dos pés e dos tornozelos. A parte interna recebe mais apoio, e o impulso é dado pelo dedão. Essa pisada pode causar lesão na canela e nas articulações ou desalinhar o joelho e a lombar, por exemplo. Nesses casos, é recomendado que as pessoas usem calçados que reduzam impactos na região, como aqueles com amortecimento.

Pisada supinada

Nesse caso, a pessoa utiliza principalmente a parte de fora do pé, pela lateral, e a força para caminhar é feita pelo dedinho. Esse tipo de pisada pode causar lesões no joelho e até na coluna.

Para pessoas que têm esse tipo de pisada, o mais indicado é utilizar tênis que contém molas, para que o amortecimento ajude a reduzir o impacto.

Pisada neutra

Ocorre quando o passo é dado de forma mais uniforme, sem render de forma excessiva para nenhum dos lados.

Considerada a mais adequada, essa pisada é como um equilíbrio entre as duas que citamos acima. Ela oferece menos riscos, tem mais equilíbrio e distribui melhor o impacto.

Escolha do calçado

Sabendo o seu tipo de pisada, fica mais fácil identificar o calçado ou tênis mais adequado para você. Quando a escolha é feita corretamente, há a melhora na absorção do impacto da pisada e menos chances do surgimento de alguma lesão. No entanto, a escolha errada pode piorar a pisada e causar desconfortos e complicações.

A melhor forma para descobrir qual é a sua pisada e como ela pode ser melhorada é procurando um ortopedista, que poderá passar orientação de qualidade. Lembre-se que, quanto mais cedo um problema de saúde é diagnosticado e tratado, maiores são as chances de um uma recuperação eficaz.

Sobre o Dr. Bruno Pavei

O Dr. Bruno Pavei formou-se em Medicina pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), em Criciúma/SC. Fez residência em Ortopedia e Traumatologia pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e completou sua formação em Cirurgia do Joelho no Instituto Cohen, em São Paulo/SP.
É membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho (SBCJ). Atualmente possui consultório de Ortopedia e Traumatologia na Osteoclínica, em Criciúma-SC, conhecido como o maior centro de Ortopedia e Traumatologia do sul de Santa Catarina e faz parte do corpo clínico dos principais hospitais da região. Saiba mais clicando aqui.

As informações disponíveis neste site possuem apenas caráter educativo. Apenas uma avaliação com um profissional médico possibilitará o diagnóstico de doenças, a indicação de tratamentos e a prescrição de medicamentos.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Localização

Atendimento e contatos

Osteoclínica
Consultório em Içara